Foto: Jonathan Borba/ Unsplash.

 

É o caso da linha Eco Beauty que busca atender públicos que, normalmente, encontram menos opções no mercado.

Gestantes não podem usar agentes químicos agressivos para não prejudicar o bebê.

“Produtos indicados para grávidas não podem ter ação teratogênica que induz a má formação do feto”, relata Iris Farias, coordenadora técnica da Cosmobeauty.

No entanto, as pessoas que estão fazendo radio ou quimioterapia costumam ficar com a pele ressecada, irritações ou até mesmo lesões inflamatórias.

“Esses produtos têm princípios ativos como camomila, aloe e vera, cristais de oliva. Não são agressivos, não têm ácidos”, afirma a esteticista Sueli Szterling, diretora do Espaço Kurma. O spa localizado no Alto de Pinheiros, em São Paulo, oferece um protocolo de tratamento facial com os produtos Eco Beauty.

São usados cinco produtos no protocolo estético facial, entre eles esfoliante facial e máscara bio nutritiva, que com ação regenerativa, hidratante, clareadora e antirrugas. No spa, o tratamento é associado a uma drenagem manual e recomenda-se quatro sessões de uma hora de duração, uma vez por semana. Além disso, é possível complementar com o uso de produtos da linha em casa.

Os cosméticos passam por alguns processos, sendo eles testes de confiabilidade, eficácia e segurança, ainda assim grávidas e pacientes oncológicos devem consultar seus médicos para verificar se possuem restrições específicas.